Lastest News

Dubai Diaries: Jet-Setting Through Glamour, Thrills, and Desert Dreams!

The long-cherished dream of visiting Dubai finally came to fruition after more than a decade of anticipation. For over 10 years, I had yearned to explore this enchanting place that I had only heard incredible stories about. Whenever I saw an Emirates plane, I couldn’t help but imagine myself there, thinking, “I’ll be there at any moment!” Throughout my life, I’ve realized the potency of our mental capabilities, a power we all possess but often fail to harness effectively. From the age of 18, I began cultivating the ability to envision my desires fearlessly, unburdened by self-imposed restrictions or sabotaging thoughts. Unlike those thoughts that limit our imaginations, I, as a positive Sagittarius, believed in the boundless possibilities that life offered.

Two decades ago, I stumbled upon a profound phrase at Disney World, and its resonance has endured throughout the years. Back then, my heart was brimming with countless dreams and expectations. As I traversed the magical landscapes of Disneyland, the realization hit me—I was already living a significant dream. Over the years, fueled by an…

Barbie as more the just a movie! It was a Heartwarming Journey!

 

Barbie-review-movie-theater

Yesterday, I decided to indulge in a delightful trip down memory lane by watching the movie “Barbie“. As the lights dimmed and the screen flickered to life, I found myself captivated by the mesmerizing outfits adorned by Barbie and her fellow actors. Each ensemble seemed to radiate a sense of enchantment and elegance, making it impossible to divert my gaze.

The movie itself was a perfect treat for teenagers, with its vibrant colors, catchy tunes, and relatable storyline. It effortlessly transported the audience to a world filled with dreams, aspirations, and the power of friendship. The characters’ journeys resonated deeply with the young hearts in the theater, reminding them to embrace their individuality and pursue their passions fearlessly.

However, amidst the laughter and excitement, I couldn’t help but feel a wave of nostalgia wash over me as an adult. The movie evoked memories of my own childhood, when I would spend hours playing with my Barbie dolls, creating imaginative worlds and stories. It was a bittersweet sensation, as I reminisced about the innocence and simplicity of those days.

https://amzn.to/3Dq0loN

Watching the movie as an adult allowed me to appreciate the underlying messages and themes that may have eluded me as a child. It reminded me of the importance of cherishing our inner child, even as we navigate the complexities of adulthood. It served as a gentle reminder to embrace joy, creativity, and the unshakeable belief in magic.

As the credits rolled and the lights gradually brightened, I couldn’t help but feel a sense of contentment. “Barbie” had not only entertained me but also reignited a spark of youthful wonder within my heart. It was a movie that effortlessly bridged the gap between generations, captivating teenagers and providing a nostalgic escape for adults.

In the end, “Barbie” was more than just a movie. It was a heartwarming journey that reminded us of the power of imagination, the beauty of friendship, and the everlasting charm of Barbie herself. It was an experience that left a smile on my face and a warm glow in my heart, as I walked out of the theater, grateful for the opportunity to relive a cherished part of my childhood.

Barbie-outfit-Movie-Theater

My-partner-in-crime

Ontem, decidi fazer uma deliciosa viagem pela estrada da memória assistindo ao filme “Barbie”. À medida que as luzes diminuíam e a tela ganhava vida, eu me vi cativado pelas roupas hipnotizantes adornadas por Barbie e seus colegas atores. Cada conjunto parecia irradiar uma sensação de encantamento e elegância, tornando impossível desviar o olhar.

O filme em si foi um deleite perfeito para os adolescentes, com suas cores vibrantes, melodias cativantes e enredo relacionável. Ele transportou o público sem esforço para um mundo cheio de sonhos, aspirações e o poder da amizade. As jornadas dos personagens ressoaram profundamente com os jovens corações do teatro, lembrando-os de abraçar sua individualidade e perseguir suas paixões sem medo.

No entanto, em meio às risadas e à empolgação, não pude deixar de sentir uma onda de nostalgia tomar conta de mim como adulto. O filme evocou memórias da minha própria infância, quando eu passava horas brincando com minhas bonecas Barbie, criando mundos e histórias imaginativas. Foi uma sensação agridoce, ao relembrar a inocência e a simplicidade daqueles dias.

Assistir ao filme como adulto me permitiu apreciar as mensagens e temas subjacentes que podem ter me escapado quando criança. Isso me lembrou da importância de valorizar nossa criança interior, mesmo enquanto navegamos pelas complexidades da idade adulta. Serviu como um lembrete gentil para abraçar a alegria, a criatividade e a crença inabalável na magia.

À medida que os créditos rolavam e as luzes aumentavam gradualmente, não pude deixar de sentir uma sensação de contentamento. “Barbie” não apenas me divertiu, mas também reacendeu uma centelha de admiração juvenil em meu coração. Foi um filme que preencheu sem esforço a lacuna entre as gerações, cativando os adolescentes e proporcionando uma fuga nostálgica para os adultos.

No final, “Barbie” foi mais do que apenas um filme. Foi uma jornada emocionante que nos lembrou o poder da imaginação, a beleza da amizade e o charme eterno da própria Barbie. Foi uma experiência que deixou um sorriso em meu rosto e um brilho caloroso em meu coração, ao sair do teatro, grata pela oportunidade de reviver uma parte querida de minha infância.

Summer is approaching, and it’s time to update our wardrobes with the latest fashion trends. Target’s summer collection has got you covered if you’re looking for affordable and stylish pieces.   One of the key trends for summer 2023 is bold prints and vibrant colors. These prints are in dresses, tops, and skirts, perfect for a summer…

Saiba porque não sentir culpa em gastar com moda

Saiba porque não sentir culpa em gastar com moda

 

A maioria de nós mulheres estamos sempre com um olho na conta do banco e outro na moda; umas gastam mais do que podem, e reclamam que não tem nada no guarda-roupa, e outras, choram que não podem gastar muito, e, mesmo assim, tem sempre uma blusinha nova que cabe no orçamento. Eu poderia escrever e citar aqui para voce,  uma centenas de amigas e seguidoras que tem esse mesmo problema, e sabe o que ? isso nunca vai mudar.

Para quem gosta de moda como nós, que tem o app da Zara, da H&M, da Revolve, Da Banana Republic, Amazon Fashion, e tantos outros app de moda, pode te dizer uma coisa: roupa é vicio! e esta tudo bem! Os homens são viciados em futebol, em cerveja e outras coisinhas que nem vou citar aqui, e porque nós mulheres temos que nos policiar o tempo todo com isso?

Sabe o que? eu aprendi a relaxar e ver a moda, misturada com arte que amo, e se não posso ter, comprar, esta tudo bem, pelo menos posso apreciar. E digo, a vocês amores, quando o marido, namorado, pai, olhar suas sacolas de compras, diga que você comprou arte, sim, Arte de se vestir bem. E deixem que julguem!

Eu poderia colocar varias opções aqui de roupas looks de tendencias, mas vou ser boazinha e te dar apenas uma inspiração, de um vestido romântico, com os ombros a mostra, acinturado, e completo ele, com salto alto, que não usava faz tempo, e, uma combinação de correntes no pescoço, fininhas e delicadas. Você pode achar mais idéias sobre esse look no LTK https://ltk.app.link/cLfR4YnJegb 

Aproveita me segue lá, dá um like que vou amar!

xoxo,

Alexia,

 

Hey babes, I have talked a lot with my single friends, and I always hear them complain that they are alone, without a boyfriend and that when they have a boyfriend, the relationship ends very quickly and without explanation.   I have been married twice and have always been in long relationships, and I know…

Mudei de Miami e Agora?

Começar a escrever nunca foi um problema para mim, ou seja, fazer o que a gente gosta, parece uma brincadeira e nunca um trabalho. É assim que enxerguei meu blog nos últimos anos, até que o Instagram começou a tomar tanto o tempo da gente que escrever aqui já não era mais tão prazeiroso como antes. Mas todo bom filho retorna a casa, eu acho que estou me sentindo assim agora, voltando para minha antiga casa que é meu blog.  E eu tenho tantos assuntos assuntos para contar, que nem sei por onde começar. Mas por hoje, eu vou contar da paz que estou vivendo desde que mudei para North Carolina.

Como assim? largou Miami?! Eu tenho ouvido isso e recebido centenas de mensagens de amigos e desconhecidos perguntando  o motivo de ter “largado” Miami. Fiquei pensando outro dia: My Gosh, esta parecendo para muitos que morar em Miami é o mesmo que estar encontrando o Messias! Para tudo! Miami é maravilhoso, mas depois de sete anos morando em um lugar onde as pessoas vem passar as férias, morar em um lugar que se tornou tão lotado ir nos lugares, estacionar o carro, passar horas no trânsito, e 365 dias do ano com calor do Nordeste e ainda úmido, não sei se era tão maravilhoso assim.

Parte boa na minha opinião de Miami, são muitas:

Miami é vida, é luz, eh atividade constante, eh noite que brilha, festas que não acabam mais, mulheres lindas, homens lindos, gente de todas as partes do mundo, especialmente falando espanhol e português, lol.

A comunidade brasileira enorme, parece que estamos no Brasil ainda, em toda parte encontramos um conterrâneo, para dividir o pão de queijo. Muito calor humano, salsa, comida mexicana, praias e limousines. A beleza e a riqueza do povo russo, espalhadas por toda parte.

Dizem os brasileiros que moram aqui, que se você quer voltar ao Brasil com um milhão de dólares, vem com dois milhões de dólares,  porque para viver o luxo de Miami, tem que ter bala na agulha.  Comecei a perceber que é verdade.

Se depender de escola de inglês para aprender o idioma em Miami, vas sair falando portunhol. A quantidade de “espanos” (modo carinhoso que chamamos as pessoas  que falam espanhol), é enorme, com isso, entre brasileiros na escola e espanos, o jeito eh falar portunhol. E o inglês? você aprende com o tempo, com anos, quando percebi que tem que trabalhar, falar com os professores do seu filho na escola, ou com os amiguinhos das crianças que vem dormir em casa. ( “ótima oportunidade para praticar).

Isso quer dizer que se vc vier a Miami para estudar ingles, é melhor pensar duas vezes e mudar a escola para Nova York, Boston, Canada, porque Miami, a festa rola de dia e de noite, em português mesmo.

Ja fazia anos que pensava em morar em outro estado e ter uma experiência americana, quero dizer, viver nos Estados Unidos mesmo. Aquilo lugar que a gente imagina nos filmes, e sonha conhecer. Mas esse lugar definitivamente não eh Miami.

Anos se passaram, meu filho cresceu, apareceu mais um divórcio na minha vida, e vamos lá se aventurar em um lugar que tem as 4 estações do ano, que tem animais silvestres, que tem, muitas árvores, que tem muitas faculdades, gente jovem, quase não tem trânsito e ainda custo de vida 20% a 30% menos que em Miami. Strees level zero. Assim eh o lugar que encontrei em Carolina do Norte. Essas fotos eu tirei de frente da minha casa, e se você olhar atrás de mim, irá ver uma floresta, linda, cheia de vida.  Alexia cade a praia ?? gente a praia esta a duas horas daqui, em Carolina do Sul, super fácil de chegar, cheio de hotéis lindos por lá. E aqui no meio dessa natureza eu tenho as montanhas, eu tenho ar fresco, e muita paz na minha alma.

Fiquem ligados que vou postar mais sobre as maravilhas do The Triangle, como eh chamado aqui, Raleigh que eh a Capital, Durham e Chapel Hill.

Ah, não se preocupem, vou continuar indo a Miami, fazendo meu shopping por lá que amo e revendo meus amigos e familia também!

Macacão da @meetyoufitness

 

Alexia-Nascimento Alexia_nascimento